A Imunidade é o Segredo Para Reduzir a Dor Muscular?

De Ryan Halvorson

 

Fazendo novidades

Qualquer pessoa que tenha feito uma pausa nos treinos sabe a dor que pode aparece ao voltar. Tipicamente aquela dor não quase tão severa após exercícios similares subsequentes. A razão tem sido algo de um mistério. No entanto, um novo relatório oferece uma pista que pode nos ajudar a entender o fenômeno.
O pequeno estudo realizado na Universidade Brugham Young, em Provo, Utah, e publicado inFrontiers in Physiology (2016; http://dx.doi.org/10.3389/fphys.2015.00424), contou com sete homens e sete mulheres que completaram um vigoroso treinamento, com sessões de exercícios com indução dolorosa e o repetiram por mais 28 dias. Foram realizadas biópsias musuculares antes e depois de cada sessão de treino.

De acordo com os participantes, os sentimentos de dor eram muito menos intensos após a segunda sessão do que após a primeira. Ao analisar as biópsias, os pesquisadores ficaram surpresos ao descobrirem o aumento da presença de células T na amostra coletada após o segundo treino.

“Você acha que as células T respondem a infecções, não reparando os músculos, mas descobrimos uma acumulação significativa de células T infiltrando fibras musculares danificadas”, disse Robert Hyldahl, PhD, professor assistente de ciências do exercício na BYU, em um comunicado à imprensa. “Nosso estudo é o primeiro a mostrar células T presentes no músculo humano em resposta ao exercício induzindo danos”.

O autor do estudo principal e aluno de pós-graduação, Michael Deyhle, acrescentou “Muitas pessoas acham que a inflamação é uma coisa ruim, mas nossos dados sugerem que, quando a inflamação é devidamente regulada, é um processo normal e saudável que o corpo usa para curar a si mesmo”

 

IDEA Fitness JournalVolume 13, Issue 5

admin

0comentários

29 ago, 2017

Sem categoria

Comentários